História

Em março de 1982 surgiram as primeiras idéias sobre o trabalho com pessoas idosas. Essas idéias foram apresentadas para a Universidade Federal de Santa Catarina pelas professoras Neusa Mendes Guedes e Lúcia Hisako Takase Gonçalves. Em 3 de agosto de 1983 seria oficialmente criado o Núcleo de Estudos da Terceira Idade – NETI, através da Portaria 0484/GR/83 do Reitor Ernani Bayer.

A partir de então a UFSC vem confirmando seu interesse em participar efetivamente do esforço nacional em prol do envelhecimento sadio: pela produção de conhecimentos da gerontologia, pela valorização do potencial dos idosos socialmente produtivos, pela promoção de idosos que adquirem e transmitem conhecimento à sociedade. Através do NETI, a UFSC desencadeia um processo educacional em que o idoso é protagonista de seu próprio envelhecer.

Quando foi criado, o  NETI dispunha de poucos recursos para os idosos que sofriam os graves efeitos de sua marginalização social, tanto pela sociedade quanto pela família, por isso tomou a iniciativa de abrir a discussão sociopolítica da questão, muitas vezes liderando a mobilização de entidades para ações conjuntas, sempre incluindo a participação dos idosos nos seus projetos.

De 1982 a 2000 O NETI foi coordenado pela professora adjunta do Departamento de Serviço Social da UFSC, Neusa Mendes Guedes – Assistente Social e Especialista em Gerontologia. De 2000 a 2005, foi coordenado por Jussara Bayer – técnica administrativa, Bacharel em Letras e Especialista em Gerontologia.

Em outubro de 2005 o NETI iniciou um novo ciclo com o ingresso da professora Ângela Maria Alvarez no cargo de coordenadora. Mestre em Ciências da Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina e doutora em Filosofia da Enfermagem pela mesma entidade.

Desde junho de 2011 a coordenação do NETI passou para a Jordelina Schier, enfermeira Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina.

No decorrer desses anos o NETI vem se mantendo fiel aos seus princípios de valorizar a pessoa idosa inserindo-a no contexto acadêmico e comunitário e com o compromisso de lutar pelo desenvolvimento de políticas de atenção a pessoas idosas e de formar profissionais na área de gerontologia.

Acima, fotografia das fundadoras do NETI: Professora Lúcia Hisako Takase Gonçalves e Neusa Mendes Guedes.

Em agosto de 2012 comemorou-se os 30 anos de NETI com programação no Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Atividades do NETI »