NETI – Núcleo de Estudos da Terceira Idade
  • Filme Dinamarques na Sessão Sênior de Cinema Marte Inovação Cultural com NETI/DAC

    Publicado em 14/11/2017 às 8:42

    O filme da próxima quinta feira, dia 16 da Sessão Sênior de Cinema Marte Inovação Cultural com NETI/DAC será:

    A Festa de Babette Babettes Gaestebud

    Direção Gabriel Axel  Pais Dinamarca Ano 1987 Duração 92 min

    Dois adolescentes vivem com o pai, um rigoroso pastor luterano, em um pequeno vilarejo da costa dinamarquesa. Em uma noite de 1871, bate à sua porta uma parisiense pedindo refúgio: Babette (Stéphane Audran) foge da repressão à Comuna de Paris e se oferece para ser a cozinheira e faxineira da família. Muitos anos depois, ainda trabalhando na casa, ela recebe a notícia de que ganhara uma fortuna numa loteria em Paris


  • NETI convida para palestra

    Publicado em 08/11/2017 às 13:51

    O Grupo Vozes em Seresta do CENETI abrirá o evento que terá a Coordenadora do NETI, Jordelina Schier, apresentando o Núcleo seguido pela palestra com Roberto Amaral.


  • Filme Canadense na Sessão Sênior de Cinema Marte Inovação Cultural com NETI/DAC

    Publicado em 06/11/2017 às 8:38

    No dia 9 de novembro o filme da Sessão Sênior de Cinema Marte Inovação Cultural com NETI/DAC foi:

    O Vendedor Le Vendeur

    Direção Sébastien Pilote Pais Canadá Ano 2011 Duração 107 min
    Marcel Lévesque (Gilbert Sicotte) tem 67 anos, trabalha como vendedor de carros e sua rotina é a esperada para alguém cujo futuro mais próximo é a aposentadoria. Dedicado ao ao trabalho e também à família, sua filha Maryse (Nathalie Cavezzali) e seu neto Antoine (Jeremy Tessier), ele sempre foi um grande campeão, superando a todos no quadro de vendas do mês. Mas o fechamento da fábrica de papel na pequena cidade Lac Saint-Jean, em Quebéc, acaba provocando uma revolução no local, interferindo diretamente na vida de todos os moradores, fazendo com que alguns valores necessitem ser revistos.


  • 16a SEPEX

    Publicado em 27/10/2017 às 14:55

     

     


  • Filme alemão na Sessão Sênior de Cinema Marte Inovação Cultural com NETI/DAC

    Publicado em 24/10/2017 às 18:53

    Na próxima quinta feira, dia 26 de outubro, o filme projetado na Sessão Sênior de Cinema Marte Inovação Cultural com NETI/DAC será:

    Hanami – Cerejeiras em Flor Kirschblüten Hanami

    Direção Doris Dörrie Pais Alemanha Ano 2008 Duração 122 min
    Quando Trudi descobre que seu marido Rudi tem uma doença grave, ela sugere que ambos visitem os filhos em Berlim, sem contar a eles sobre o estado de saúde do pai. Como Franz e Karl não dão muita atenção aos pais, eles resolvem partir para o mar Báltico. É quando, subitamente, Trudi morre.

    Projeto Sessão Sênior de Cinema exibe o filme ‘Hanami – cerejeiras em flor’, nesta quinta-feira, 26/10


  • Mesa Redonda na 16a SEPEX integra a programação do Idoso em Foco

    Publicado em 18/10/2017 às 9:24

    O NETI apresentou Mesa Redonda sobre O cuidado no Envelhecimento Humano na 16a SEPEX que integra a programação do Idoso em Foco. As palestrantes formam:

    Pofessora Angela Maria Alvarez; Professora Josiane Steil Siewert e a Cuidadora Social Sonia Mara da Silva.

     

     


  • Programa da 16a SEPEX com Sessão Sênior de Cinema Marte Inovação Cultural com NETI/DAC

    Publicado em 18/10/2017 às 9:15

    Na programação da 16a SEPEX,  no dia 19 de outubro no Teatro da UFSC, houve Sessão Sênior de Cinema Marte Inovação Cultural com NETI/DAC com o filme:

    O Abraço Partido

    Direção Daniel Burman Pais Argentina  Ano 2003 Duração 96 min
    Ariel é um jovem de vinte e poucos anos, largou a faculdade e ainda vive às custas da mãe. Sua vida gira basicamente em torno da loja de lingeries de sua mãe e o cybercafe local, onde costuma encontrar sua namorada. Ariel sempre estranhou o fato de nem sua mãe nem seu irmão falarem sobre seu pai, que nos anos 70 partiu para lutar na Guerra do Yom Kippur, em Israel, e nunca mais retornou. Ariel cada vez mais alimenta o desejo de conhecer seu pai e também a verdade sobre seu afastamento da família.


  • XV Fórum Nacional de Coordenadores de Projetos da Terceira Idade e XIV Encontro Nacional dos Estudantes da Terceira Idade de Instituições de Ensino Superior

    Publicado em 09/10/2017 às 16:02

    O XV Fórum Nacional de Coordenadores de Projetos da Terceira Idade e o  XIV Encontro Nacional dos Estudantes da Terceira Idade de Instituições de Ensino Superior realizou-se de 3 a 6 de outubro no Centro de eventos da UFSC.

    O evento contou presença de cerca de 1 300 participantes, com 27 delegações representando 19 estados brasileiros. O Fórum NCTI 2017 Teve uma vasta programação científica e artístico cultural com intensa participação de profissionais, estudantes idosos e de todas as idades, além de coordenadores das Instituições de Ensino Superior.

    A abertura contou com a participação do Pró-Reitor de Extensão professor Dr. Rogério Cida Bastos em nome da UFSC e a conferência do Professor Wilson Jacob Filho da USP.

     


  • Luto oficial na UFSC e alteração no horário de abertura do FORUM NCTI -2017

    Publicado em 02/10/2017 às 18:51

    Prezados participantes, com pesar, comunicamos o falecimento do Magnífico Reitor da UFSC, Professor Luís Carlos Cancellier de Olivo. Em respeito e solidariedade à instituição e seu dirigente máximo, a Comissão Organizadora do Fórum comunica que a cerimônia de abertura do evento e conferência magna ocorrerá as 20:00 horas do dia 03 de outubro, no auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos da UFSC.

    O credenciamento do evento será realizado na quarta-feira, dia 04 de outubro, a partir das 08:00 horas, no hall do Centro de Eventos.

    Solicitamos a compreensão de todos.


  • Falece o reitor da UFSC Luiz Carlos Cancellier de Olivo

    Publicado em 02/10/2017 às 14:32

    Pró-reitorias e secretarias da Administração Central paralisaram as atividades a partir das 11h, em função do trágico acontecimento.

    Luis Carlos Cancellier de Olivo, 60 anos, é natural de Tubarão. Em 1977, ingressou no curso de Direito da UFSC e como universitário engajou-se no movimento estudantil, que era um foco de resistência à ditadura militar. Interrompeu os estudos para trabalhar como jornalista, em “O Estado” (Florianópolis) e em Brasília, assessorando parlamentares catarinenses. Também participou ativamente das campanhas pela anistia, pelas diretas-já, pela eleição de Tancredo Neves e pela Constituinte, além do movimento Fora Collor. Em 1996, retomou os estudos, concluindo a graduação em Direito e fazendo em seguida mestrado e doutorado na mesma área. Foi professor e diretor do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Universidade.

    Cancellier tem livros e artigos publicados sobre temas jurídicos e exerce uma série de atividades ligadas ao Direito Administrativo e à Administração Pública. Na campanha vitoriosa para a reitoria, em 2015, pelo movimento “A UFSC Pode Mais”, defendeu um modelo de administração que resgatasse a excelência e a eficiência na instituição, apostando na descentralização da gestão e na valorização e participação de todos os centros e unidades da universidade nas tomadas de decisão.

    Quase toda a sua formação acadêmica foi realizada na UFSC: graduação em Direito (1998), mestrado em Direito (2001) e doutorado em Direito (2003). É especialista em Gestão Universitária (2000) e Direito Tributário (Cesusc, 2002). Ministra as disciplinas de Direito Administrativo II no curso de graduação e Seminário de Direito e Literatura na pós-graduação (PPGD). É professor de Direito Administrativo e Instituições de Direito Público da Universidade Aberta do Brasil (UAB), desde 2006. É professor de Direito Público e Administrativo no Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária da UFSC (PPGAU). Membro do Conselho Editorial da EdUFSC (2009 a 2013). Chefiou o Departamento de Direito da UFSC (2009-2011) e presidiu a Fundação José Arthur Boiteux (Funjab) no período 2009-2010. Foi diretor do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da UFSC.

    Após tomar conhecimento da vitória da eleição para Reitoria, em 2015, Cancellier colocou como “prioridade a busca de verbas para suplementar as despesas da Universidade, especialmente após os cortes anunciados pelo governo federal. Temos que buscar outras alternativas e fontes de recursos financeiros. O ensino, a pesquisa e a extensão não podem ser prejudicados”. Ele também ressaltou “a necessidade de buscar diálogo com todos os setores da comunidade universitária”, uma das marcas de sua gestão.

    http://noticias.ufsc.br/2017/10/falece-o-reitor-da-ufsc-luiz-carlos-cancellier-de-olivo/